Quarteto Fantástico: Uma bomba atrás da outra, e nem precisou o Dr. Destino fazer nada. A FOX é que fez!!!



Boa madrugada a todos.

Após ver mais uma derrota brasileira no UFC, resolvi postar esta notícia que, de um jeito irônico, também faz sentido...

Todos sabem que o novo filme - reboot - do Quarteto Fantástico está rolando, e nem sempre agradou a ninguem até agora. Ou foi a abordagem do filme, ou foi a direção dando na parede... Enfim, não faltou problema.

Pois é, minha gente, agora a coisa ficou séria.

Josh Trank, produtor do filme "Poder sem limites", e que dirige o reboot do Quarteto, não tá agradando a FOX. Um diretor ouvido pelo Bleeding Cool há dois meses atrás disse que a direção do filme era confusa, e o filme mais parecia a continuação do filme anterior do diretor do que o reboot do Quarteto Fantástico.

Pois bem. Segundo o Superhero News, as sessões teste do filme foram muito negativas, a ponto de serem feitas refilmagens e alterações substanciais no enredo e desenvolvimento do filme. A coisa - sem trocadilhos, tá? - tá tão feia que a FOX contratou Matthew Vaughn, produtor dos ótimos X-Men Primeira Classe e Kingsman: Serviço Secreto, para salvar - ou tentar - a produção do filme agora em abril.

Isto implica que Trank pode estar sendo posto para escanteio. E por causa dele, os custos do filme aumentaram tanto que existe a real possibilidade do filme, se sair, não ser para ser exibido em salas 3D. O que implica em prejuízo.

E segundo as fontes acima, foi este motivo errático de produção do filme, isolando-se de todos nos estúdios, que causou a saída dele do projeto das franquias derivadas de Star Wars no cinema, pelo fato de a Disney não aceitar tal comportamento.

Aguardemos novos capítulos desta "saga".

Fontes: Superhero News, Bleeding Cool e Cinepop.

Comentários