JJ Abrams pode revelar o trágico destino de Jar Jar Binks em Star Wars 7

O diretor J.J. Abrams revelou à "Vanity Fair" do mês de junho que pensou em matar Jar Jar Binks, personagem da saga "Star Wars", da raça dos Gungan, que habitava as profundezas dos pântanos de Naboo, da nova trilogia.

Sentado em sua mesa de edição, em seu escritório da produtora Bad Robot, Abrams apontou para um quadro de "Star Wars: O despertar da força", e disse ao repórter da revista: "Eu tenho um pensamento sobre colocar os ossos de Jar Jar Binks no deserto lá. Estou falando sério! Apenas três pessoas vão notar, mas elas vão adorar."

Aparentemente, ele também apontou para um quadro na sala de edição ao dizer isso. Isto significa que ele já sabe onde vai colocar os ossos de Jar Jar, mas ainda não decidiu em fazer a cena final.

Em 1999, Star Wars: A Ameaça Fantasma foi, sem dúvida na época um "Despertar da Força". Infelizmente, muitos fãs ficaram desiludidos ao ver um personagem que era um estereótipo ofensivo aos Afro-Americanos além de ser sem graça e que não tinha lugar no filme que não seja para agradar a um público mais jovem. Seu sorriso maroto, brincadeiras bobas e voz irritante fizeram dele o personagem mais odiado por todos do Universo de Star Wars.

Muitos fãs de Star Wars  vão rir um pouco ao ver o crânio Jar Jar no deserto, o que implica que ele se perdeu e morreu de fome. Ainda assim, outros podem argumentar que, mesmo reconhecendo a existência de Jar Jar pode roubar do filme um pouco de sua dignidade. Há ainda outros que realmente gostam do Jar Jar, e não acha que ele mereça  morrer. Considerando o quanto odiado é o personagem, porém, é bem provável que Abrams coloque essa cena. Esperando que o público venha a rir e aplaudir a morte de um dos personagens mais desprezados da franquia.

Comentários