Clark Gregg fala MUITO sobre Inumanos, Hydra, Netflix, e do futuro da SHIELD



Agentes da SHIELD está rapidamente se aproximando do final de sua segunda temporada, com o episódio da última terça, "Scars", sendo o último antes do episódio final da temporada que terá duas horas de duração. A temporada tem sido cheia de voltas e reviravoltas, com a equipe de Coulson tendo que se defender da ameaça da Hydra, Da SHIELD comandada por Robert Gonzales e  lidar com a exumação de uma civilização alienígena escondido da história da Terra.
 
Isso é muito para qualquer um lidar, especialmente para o homem no topo disso tudo. À frente do episódio dessa última terça o site  ComicBook.com falou com Clark Gregg o nosso querido  Diretor  da SHIELD Phil Coulson, sobre a SHIELD, a Hydra, Inumanos, séries Netflix da Marvel, planos para a Fase 3 da Marvel e muito mais.

Com a existência dos Inumanos agora expostos, há alguma possibilidade real para que haja um final feliz? Podem os Inumanos e a SHIELD coexistirem  pacificamente neste momento?
 
Neste momento é complicado imaginar o desfecho de qualquer coisa, mas nós parece que estamos a iniciar uma verdadeira guerra em grande escala entre SHIELD e os Inumanos. É algo que é meio sugerido em algumas das coisas que Lincoln diz sobre a dedicação fanática ao segredo que os Inumanos tem, que certamente faz sentido para qualquer um  familiarizado com os Inumanos do mundo dos quadrinhos, que haviam escondido sua existência de seres humanos por muitos anos.
 
Sabemos que uma das frases favoritas da Marvel é, "tudo está conectado." Com um filme dos Inumanos no horizonte,  esse conflito entre os Inumanos e a SHIELD seria um possível prenúncio ou prólogo para o filme?
 
Eu desejaria que ninguém me dissesse nada para que pudesse achar uma resposta educada para tudo isso. Certamente parece a melhor maneira para um fã da Marvel como eu. Tudo o que eu realmente sei sobre a questão mais proeminente do inicio dessa trama se da porque atinge como Coulson  vive, porque de repente uma das pessoas que mais importa para ele no planeta tem meio que  um pé nos dois mundos, já que Skye é uma agente da sua SHIELD, até certo ponto, e ainda,  é uma inumano.
Eu gosto do que os escritores têm feito este ano em que Coulson realmente ficou dividido, de  um lado ele  é realmente pragmático, dedicado e, se necessário, um  agente da SHIELD cruel, e outro lado, ele têm um tipo de respeito pela santidade da vida, na sequência de ter sido ressuscitado dos mortos, e a conexão que ele então formou com sua nova equipe. Isso lhe dá uma perspectiva única para sequir em frente, que esperamos manter este foco e se torne obcecado em sequir em frente, mesmo que isso custe a vida de um monte de agentes da SHIELD e Inumanos, mas que poderia ir em frente de qualquer maneira.


 
Falando de conflito, após os acontecimentos do último episódio e Avengers: Age of Ultron, onde é que Coulson da SHIELD e sua relação com a SHIELD comandada por Gonzales irá ficar? Eles são capazes de unificar suas facções e fazer as pazes, ou há ainda uma espécie de amargura e desconfiança que os impede de trabalharem juntos?
 
É evidente que ele e Gonzales têm diferentes estilos de gestão e, ao que parece, tipo de filosofias centradas na sequência da Batalha de Nova York que não vão desaparecer tão cedo. Com Gonzales se intitulndo comandante da SHIELD, parece que isso causou um desconforto ao Coulson comandante da SHIELD deixada por fury, mas a única coisa que temos visto nesta temporada é a vontade dele de respeitar certas alianças, não importa o quão desagradáveis sejam, incluindo com Ward. É o tipo de detalhe sobre este Coulson novo, o lado mais humanista que parece considerar  pontos de vistas das outras pessoas, quer as que ele está em conflito ou as que ele está tentando se alinhar, não importando o quão oposto pode ser a sua própria perspectiva
 
Hydra foi uma enorme ameaça na Primeira Temporada, e foi significativa na primeira metade de temporada 2. Agora, na esteira do Age of Ultron,  Coulson pode sentir que essa ameaça já passou e que ele pode avançar para a próxima?
 
Você sabe, desde cedo em agentes da SHIELD estabelecemos esta vasta rede de ativos infiltrados da Hydra, e eu não acho que Coulson nunca vai consequir  virar as costas para eles, mas a ameaça mais urgente parece ser os Inumanos nesse momento.
 
Age of Ultron foi o final da Fase 2 d0 Marvel Cinematic Universe, e abre as portas para a Fase 3. Como você vê o papel da SHIELD como uma organização, e agentes da SHIELD como uma série, mudando à medida que começam a se mover em direção a Guerra Infinito ?
 
Se você já leu algum das HQ's  da guerra civil, você vai saber que SHIELD é uma parte muito importante de um grupo que está tentando registrar os super-heróis, e que realmente divide e obriga a alguns agentes da SHIELD - especialmente aqueles com conexões com pessoas que tem poderes levar a questão para o lado pessoal  - para realmente decidir de que lado do conflito estarão. Homem de Ferro e Capitão América acabam  nos quadrinhos, em lados opostos. Há sempre mudanças na maneira de fazer isso no universo cinematográfico. Eu acho que, com a SHIELD 2.0, você está vendo algumas das primeiras ondulações de que os diferentes pontos de vista sobre o que deve ser a SHIELD quando for reconstruída. Eu estou muito, mas muito curioso para saber o lado que Coulson  vai acabar ficando nessa luta.
 
Você acha que existe uma possibilidade de que o Index do SHIELD pode ser análoga ao banco de dados de registro dos super heróis dos quadrinhos, ou talvez se transforme na versão cinematográfica do registro?
 
Infelizmente se não o é  certamente é o que se tornará, você sabe o que quero dizer? Se Coulson vê uma coisa que ele tem sido tão fundamental para a utilização e construção, a fim de manter o controle de pessoas com poderes, se ele vê que está sendo usado para perseguir o povo que ele se preocupa, isso vai  causar uma crise real da fé dele no registro.

 
Era de Ultron contou com uma morte heróica, que é algo que eu tenho certeza que você sabe um pouco sobre após o ocorrido no primeiro filme dos Vingadores. É possível que a idéia de enviar o Mercurio em um pequeno período de férias para TAHITI tenha cruzado a mente de Coulson? Considerando a conversa que teve com um casal episódios atrás, parece que ele ainda tem acesso a essa tecnologia.
Bem, há dois componentes no mesmo fato, o que pode ser um pouco confuso. Há a parte do protocolo TAHITI que apaga as memórias das pessoas, e há outro, que é a parte dos protocolos TAHITI que foi projetado para, de acordo com Nick Fury no final da 1 ª Temporada da série, foi projetado para ser um gentil  último recurso, método de emergência que você pode usar para trazer as pessoas de volta que tinham morrido. O problema com isso tudo, como vimos nos episódios que tiveram flashbacks deste ano, é que a maioria dos agentes regulares que eles experimentaram no processo perderam suas mentes, da mesma forma que começou a acontecer com Coulson. Por isso, foi um projeto muito arriscado que o próprio Coulson, antes que ele tivesse sua  memória apagada, aconselhou veementemente que nunca mais fosse usada novamente. Será interessante ver o Mercúrio  ser trazido de volta dessa maneira. Há certamente uma grande tradição, nos quadrinhos, de pessoas encontrando seu caminho de volta do outro mundo, e eu sou um beneficiário dessa tradição com final feliz.
 
Você já ouviu falar de algum possível crossover entre agentes da SHIELD, Netflix e programas de Mavel? É algo que você gostaria de ver, ou você acha que os tons muito diferentes entre os programas ABC e que temos visto em Daredevil os torna melhores se forem deixados em seus próprios mundos?
 
Você sabe, eu estou amando assistir Demolidor. Eu não posso esperar para ver Jessica Jones. Luke Cage foi um dos meus favoritos quando eu era criança. Estou emocionado de ver o que eles estão fazendo no Netflix. Nossa série é em um mundo muito diferente, que tem seu próprio lugar especial, mas a grande coisa sobre este mundo todo é, que se você é capaz de colocar Thor na mesma tela com Tony Stark e Natasha Romanoff e porque você é capaz de tudo. A resposta curta é que eu nunca digo nunca mais, porque uma vez que você tem o guaxinim falante com uma metralhadora você provou que pode fazer qualquer coisa.
 

Comentários