Top 30 momentos marcantes da DC Comics (Parte 3)

Dando continuidade ao Top 30 momentos marcantes DC, com as colocações de 20 a 16.

Lembrando que as posições 30 a 26 se encontram na Parte 1 e de 25 a 21 na Parte 2.

#20 - Hal Jordan se torna Parallax


Desesperado por sua cidade natal ter sido destruída pelo Superciborgue, Hal Jordan vai até Oa para pedir aos Guardiões que ressuscitem os habitantes que morreram no acontecido.
Frustrado pela negativa dos Guardiões, e sentindo muita dor, fraqueza e medo, o Lanterna é dominado por Parallax, que se instala no consciente do herói.
Matar quase toda a Tropa dos Lanternas Verdes, pegar os seus anéis e absorver toda a energia da bateria central de Oa foram alguns dos atos do então vilão.

#19 - Mulher Maravilha mata Maxwell Lord
Essa é marcante por vários motivos. Pela forma como ocorreu, por ter sido quem foi e principalmente pela cara do Superman.
O fato é que o Homem de Aço estava sendo controlado por Maxwell Lord, e nem mesmo o laço da Mulher Maravilha foi capaz de fazer o cara desfazer o controle.
Gentilmente, Diana pede que Maxwell lhe diga como fazer para deixar Superman livre de seu controle, e o cara tem a brilhante ideia de responder: "me mate".

Você que pediu, Maxwell. Sem nem mesmo pensar duas vezes, Diana resolve o problema.
Tá pensando que é só o Superman que quebra pescoços por aí?

#18 - O sacrifício de Barry Allen

Quando um herói morre se sacrificando, é sempre impactante.
Em Crise nas Infinitas Terras, o vilão Anti-Monitor tinha como objetivo destruir as muitas terras paralelas usando o seu canhão de anti-matéria.
Porém, Barry Allen (o Flash da Era de Prata) consegue chegar na fonte de energia e corre mais rápido do que a velocidade da luz, impedindo que a energia saia e fazendo que a mesma retorne para o canhão, que explode.
Infelizmente, devido à sua corrida desesperada, o corpo do Flash começa a se destruir, quando ele começa a viajar no tempo devido à tremenda velocidade.

#17 - Lex Luthor presidente

Um dos maiores vilões das histórias em quadrinhos chegar à presidência dos Estados Unidos é um acontecimento marcante por si só. Principalmente porque com tanto poder e influência, fica ainda mais interessante de trabalhar a relação vilão\herói. 
E foi isso que a DC fez, colocando Lex Luthor na Casa Branca, que em sua campanha prometia levar para todo o país a mesma tecnologia de Metrópolis. 
Claro que Luthor não ficou muito tempo no cargo, e logo foi descoberta toda a sua falcatrua até chegar ali. Mas o acontecimento é tão importante para as HQ's que até mesmo a  Marvel resolveu seguir um caminho mais ou menos semelhante, usando o personagem Norman Osborn.

#16 - Começa a aliança entre Batman e Gordon

Uma das decisões mais acertadas de Batman: Ano Um sem dúvida é retratar não apenas o lado de Bruce Wayne, mas também o do Comissário Gordon. É interessante ver como a HQ vai conectando esses dois personagens, até chegar a esse momento crucial que mostra quando a aliança dos dois começou.

E o mais legal de tudo é a citação ao Coringa. 
Uma cena tão emblemática para a história do Homem Morcego que acabou sendo adaptada de uma forma bem legal na cena final do filme Batman Begins.


Continua...

Comentários