Desenhista brasileiro pede retirada da sua capa variante de Batgirl #41

[atualizado]

A capa variante altamente criticado de "Batgirl" # 41 não será publicado pela DC Comics, brasileiro Rafael Albuquerque pediu a retirada de sua capa de circulação e fez isso através de um comunicado:

"Minha arte da capa variante da Batgirl foi concebido para homenagear uma história em quadrinhos que eu realmente admiro, e eu sei que é uma das mais favoritas de muitos leitores. "A Piada Mortal" é parte do cânone de Batgirl e artisticamente, eu não poderia evitar de retratar a situação traumática entre Barbara Gordon e Coringa.

Para mim, era apenas um "disfarce assustador" que trouxe algo do passado da personagem que eu interpretei artisticamente. Mas tornou-se claro que, para outros, ela tocou em um nervo exposto. Eu respeito essas opiniões sejam elas certas ou erradas, pois geraram uma discussão que não deve ser desacreditada.

Minha intenção nunca foi ferir ou incomodar ninguém pela minha arte. Por essa razão, recomendei a DC que a capa variante fosse retirada. Estou muito satisfeito que a DC Comics entendeu as minhas preocupações e não vai publicar a arte da capa em junho, como anunciado anteriormente.

Com todo o respeito,

Rafa"


Comunicado da DC Entertainment:

"Nós publicamos revistas dos maiores heróis do mundo, e os vilões mais malvados que se possa imaginar. As capas variantes do mês de Junho são um reconhecimento ao 75º aniversário do Coringa.

Independentemente se fãs acharem que fosse incompativel falar sobre temas como ameaças de violência e assédio na fase atual da Batgirl, entendemos que fora uma homenagem de Rafael Albuquerque ao Alan Moore, pela graphic novel A Piada Mortal, uma obra de 25 anos atrás.. 

Vamos honrar o talento criativo, e por solicitação do Rafael, a DC Comics não vai publicar a capa variante da Batgirl." - DC Entertainment

[fim da atualização]

Em junho o palhaço do crime, CORINGA, vai ganhar mês especial nas revistas de linha da DC, sendo capas de diversos títulos da editora, para homenagear seus 75 anos. As artes dos quais poderão ser vistas no fim do post. Mas antes uma dessas capas acabou zerando novamente o famoso contador do site “A DC Fez Algo Idiota Hoje?“, a causa foi a capa variante da edição #41 da Batgirl.


A capa foi desenhada pelo brasileiro Rafael Albuquerque. onde há uma notável referência à violência sofrida pela personagem em A Piada Mortal. Seria mais uma das infinitas capas variantes se a revista da Batgirl escrita por Cameron Stewart e Brenden Fletcher com a excelente arte de Babs Tarr não estivesse sendo bem cotada entre as mulheres fãs de quadrinhos.

Batgirl se tornou uma HQ voltada para público bem mais juvenil dando maior destaque em tramas para público feminino teen. Isso talvez tenha irritado Claire Napier da Woman Write About Comics com o que viu e postou o seguinte em seu Twitter:
 “Você tem 15 anos e vai à uma Comic Shop pela primeira vez porque viu a arte de Babs Tarr no Tumblr.
 "Batgirl te encara e chora aterrorizada enquanto um homem a toca. Como você se sente?”


Cada um tem sua opinião, mas mesmo para público nessa faixa etária e que acompanha o título sabe do grande trauma que personagem sofreu no passado. E tem percepção que esse mundo não é algo cor de rosa em muito dos seus aspectos. E na revista mostra que apesar de tudo, a  personagem soube dar volta por cima dessa situação e seguir em frente.

A seguir sem maiores polêmicas foram divulgadas as outras capas especias do mês de Junho.
























Comentários